Logo

A Viagem dos Sons / The Journey of Sounds - KANTIGA DI PADRI SA CHANG - MALACA

Fornecedor: Tradisom
Tipo: CD

€ 10.00

(...)O universo musical do Bairro Português de Malaca pode ser dividido em duas grandes categorias: música desempenhada por grupos formalmente organizados, designada genericamente por “Dança Portuguesa” e dirigida, especialmente, a audiências exteriores ao Bairro, e a música desempenhada pelos residentes do Bairro, em contextos menos formais, para consumo interno, a “música doméstica”.
Não deixa de ser curioso que o repertório português importado, cuja contribuição foi fundamental para que os residentes do Bairro Português de Malaca alcançassem um estatuto de auto-respeito e de reconhecimento nacional, tenha justamente adquirido esse estatuto à custa de antigas, mais concretamente híbridas, tradições domésticas malaio-portuguesas(...)

The musical world of the Portuguese Settlement can be divided into two broad categories: music perfomed by the cultural groups for primarily non-Settlement audiences (generically called “Portuguese dance”) and music performed by Settlement residents for their own consumption (“domestic music”).
It is somewhat ironic that the imported Portuguese reportoire, so instrumental in helping the residents of Malacca’s Portuguese Settlement achieved a degree of self respect and national recognition, has done so at the expense of older, more truly hybrid Malaysian-Portuguese domestic traditions(...)

A magia da descoberta e das trocas culturais é a coordenada temática da colecção de 12 discos intitulada A Viagem dos Sons lançada pela Tradisom em colaboração com o Pavilhão de Portugal da Expo-98.
A proposta é reviver algumas das etapas dos caminhos marítimos percorridos pelos portugueses a partir do século XV. Uma viagem através de sons locais, alterados, miscigenados, cujo papel de mediador afectivo em muito contribuiu para quebrar distâncias e revelar afinidades culturais.
Mais do que o desenrolar de um mapa de distâncias ou latitudes, esta colecção é uma espécie de passaporte em que se misturam vivências, memórias, curiosidade, aventura, poesia. Através da música, o contacto com hemisférios culturais muito distantes embora reconditamente unidos pelo contacto com os portugueses.
Os pontos de embarque são Goa, Sri Lanka, Damão, Diu, Cochim, Korlai, Malaca, Sumatra. Depois Macau e Timor. Partindo em direcção a África temos Moçambique, passando por São Tomé e Cabo Verde até chegar ao Brasil.
in: Expresso, Fev-99

1. Sekush Marinyeros, 2. Ao nosso Algarve, 3. Vira di Santa Marta, 4. Vira Bairu português, 5. Indu Eu, Ti Anika, O Malhão, Verdi Gayo, 6. Salve Rainha, 7. Anda Roda, 8. Ti Anika, 9. Nina Boboi, 10. Moritsko, 11. Cochicho, 12. O Malhão, 13. Assis a Macau, 14. Mama sa filo, 15. Estrella do Mar, 16. Ave Mari Strella, 17. Casa Bedri, 18. Vira Kuré, 19. O Vira vamos, 20. Floris yo kubisa, 21. Kantu sen fazé fabor, 22. Tiru liru liru, 23. Baté Peu, 24. Sarampa, 25. Bintana, 26. Dia di San Pedro, 27. Fado di Coimbra, 28. Fara Pera, 29. Kapten di barku, 30. Ala Marinyeros, 31. Langgiang-langgiang, 32. Jinkly nona, 33. O amor

Continue a explorar o catálogo
Navegue por mais musica etnografica, ou outros produtos Tradisom.