Logo

Adriano Correia da Oliveira, GENTE DE AQUI E DE AGORA

Fornecedor: Movieplay
Tipo: CD

€ 16.00

Adriano Correia de Oliveira nasceu em Avintes, em Abril de 1942 e aí faleceu  em Outubro de 1982.
Em 1963 grava o seu primeiro EP, Fados de Coimbra, acompanhado por António Portugal e Rui Pato. Esse álbum continha  Trova do Vento que Passa, um poema de Manuel Alegre musicado por António Portugal, e que se viria a tornar numa espécie de símbolo da resistência dos estudantes à ditadura. 

Em 1971 grava Gente de Aqui e de Agora, integralmente composto com músicas de José Niza e considerado por alguns, como um dos seus melhores álbuns.
1. Emigração, 2. E alegre se fez triste, 3. O Senhor Morgado, 4. Cana Verde, 5. A Vila de Alvito, 6. Canção tão simples, 7. Cantiga de amigo, 8. Para Rosalía, 9. Roseira Brava, 10. História do Quadrilheiro Manuel Domingos Louzeiro
Continue a explorar o catálogo
Navegue por mais musica popular, ou outros produtos Movieplay.