Logo

José Afonso, CONTOS VELHOS RUMOS NOVOS

Fornecedor: Art'Orfeu
Tipo: CD

14.00

Edição remasterizada a 24bits a partir dos masters originais. 
Inclui textos exclusivos da autoria de Gonçalo Frota e Pedro da Silva 
Martins. 

Gravado em 1969, ano da greve académica de Coimbra, Contos velhos rumos novos foi editado em plena “Primavera marcelista” e furou as hesitações do regime totalitário que então se vivia. É o primeiro álbum de José Afonso onde se começam a desenhar, embora timidamente, outras sonoridades instrumentais, para além da viola de Rui Pato. Assim surgiram, embora discretas, uma harmónica, um cavaquinho, uma trompa e também a voz de Teresa Paula Brito, em “Vai, Maria Vai”. “Cantos velhos rumos novos” é, assim, uma antecipação a Cantigas do Maio que viria a ser gravado dois anos depois e seria, aliás, o último disco, depois de muitos, em que Rui Pato acompanharia José Afonso com a sua viola, por ter sido impedido pela polícia política de, no ano seguinte, o acompanhar a Londres para a gravação de Traz outro amigo também.

Recorded in 1969, year of the academic’s strike of Coimbra, Contos velhos rumos novos was published in full “Primavera marcelista” and stuck the hesitation of the totalitarian regime that then lived. It is the first album where José Afonso begin to draw, though timidly, other instrumental sounds in addition to the Rui Pato’s viola. Thus arose, although discrete, a harmonica, a ukulele, a trumpet and the voice of Teresa Paula Brito, in “Vai, Maria Vai”. “Contos velhos rumos novos”is thus an anticipation of “Cantigas do Maio” that would be recorded two years later.

24bit  remastered edition from  the original masters

1.Bailia, 2. Oh! Que calma vai caíndo, 3. S. Macaio, 4. Qualquer dia, 5. Vai, Maria vai, 6. Deus te salve, Rosa, 7. Lá vai Jeremias, 8. No vale de Fuenteovejuna, 9. Era de noite e levaram, 10. Já o tempo se habitua, 11. A Cidade

Continue a explorar o catálogo
Navegue por mais musica popular, ou outros produtos Art'Orfeu.